IBOPE confirma: No Maranhão a eleição caminha para o 2º turno

O Ibope divulgou, nesta sexta-feira (17), os números da segunda de uma série de três pesquisas encomendadas pela TV Mirante sobre a intenção de votos para o governo do Maranhão.
De acordo com a pesquisa, a candidata Roseana Sarney (PMDB) está na frente com 46%. Em segundo estão empatados os candidatos Jackson Lago (PDT) com 21% e Flávio Dino (PC do B) com 21%.
O candidato Marcos Silva (PSTU) aparece com 1% das intenções de voto. Josivaldo Corrêa (PCB) e Saulo Arcangeli (PSol), não pontuaram mais uma vez. De acordo com a pesquisa, brancos e nulos totalizaram 2% e os que não sabem, 9%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 14 e 16 de setembro. Ao todo, o Ibope entrevistou 1.204 eleitores em todas as regiões do Estado.
A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos considerando um grau de confiança de 95%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão sob o número 34465/2010 e no Tribunal Superior Eleitoral sob o número 30242/2010.

Primeira pesquisa

Na primeira pesquisa do Ibope, divulgada no dia 27 de agosto, a candidata Roseana Sarney (PMDB) possuía 47%. Jackson Lago (PDT) era o segundo com 25%, seguido por Flávio Dino com 13%.

Marcos Silva (PSTU) teve 1% das intenções de voto. Josivaldo Corrêa (PCB) e Saulo Arcangeli (PSol), não pontuaram. Votos brancos e nulos totalizaram 3% e os que não sabem, 11%.

Fonte: O Vianense Notícias

Comentários

  1. Obrigado pela reprodução.

    Um forte abraço!

    Att. Alexandre Oliveira do Blog O Vianense Notícias. www.ovianense.com

    ResponderExcluir
  2. nós maranhese temos que colocar esta interventor no terceiro lugar. para nunca mais ela desafiar nós maranhense.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Acesse Cantanhede News - faça seu comentário, lembramos que não publicamos comentários de anônimos.

Postagens mais visitadas deste blog

CBF unifica títulos e oficializa Palmeiras como maior campeão Brasileiro

KABÃO COMANDA ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NA SAÚDE DE CANTANHEDE - O esquema envolve irmã, filha, amigos, parentes da secretária de saúde e até uma ex-prefeita comunista.