Flávio Dino: “Tentativa de revisão de apoio do PT é golpe”

A declaração do pré-candidato foi durante a manifestação pró-Flávio Dino realizada por petistas da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), que no encontro estadual dos dias 26 e 27 de março apoiou a aliança com o PMDB.


“Não é uma interpretação. É uma tentativa de golpe antidemocrática”. Foi assim que o deputado federal Flávio Dino (PcdoB) candidato ao governo do Estado, definiu os rumores de que correntes do PT poderiam tentar rever o apoio à sua candidatura no próximo encontro de tática eleitoral, a ser realizado nos dias 21 e 22 de maio. A declaração do pré-candidato foi durante a manifestação pró-Flávio Dino realizada por petistas da corrente Construindo um Novo Brasil (CNB), que no encontro estadual dos dias 26 e 27 de março apoiou a aliança com o PMDB.

A manifestação foi realizada no audtório do Sindicato dos Ferroviários. Durante a reunião, diversas lideranças daquela corrente petista manifestaram apoio a Flávio Dino. O presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultura no Estado do Maranhão (Fetaema), Chico Sales, disse que modificar o resultado da votação anterior é um equívoco. “Vendo todos esses anos que o Maranhão está cheio de problemas, posso dizer com certeza que a Roseana não é o caminho. Hoje temos um estado que sequer consegue acessar recursos do governo federal para a agricultura. A população do Maranhão não aguenta mais essas coisas que a gente vê na televisão”, disse Chico Sales.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores do Maranhão (CUT/MA), Nivaldo Araújo, e o presidente do Sindicato dos Ferroviários do Maranhão, Piauí e Tocantins, Eduardo Pinto, avaliam que a candidatura de Flávio Dino representa o novo no cenário político do estado. “Hoje, a visão que temos da sua candidatura é que ela representa o novo. Não é uma candidatura cheia de vícios, mas sim que tem força e que tem inteligência”, disse Nivaldo. Eduardo Pinto criticou o dualismo existente hoje na política do estado. “Não podemos mais ficar nessa de que a política no Maranhão só tem dois lados, os que são contra e os que são a favor do Sarney. Precisamos de um candidato que seja a favor do Maranhão”, disse.

“Gol de mão”

Reforçando a idéia de que a revogação do resultado do encontro estadual do PT é ferir a democracia interna do partido, o deputado Flávio Dino disse que não se pode deixar valer ‘gol de mão’. “Eu me sinto como o jogador de um time que ganhou por dois a zero. Ele recebeu a taça, tem foto, tem filme, todo mundo viu. De repente, dizem que aquele jogo não valeu, que vai ter prorrogação e que agora vale até gol de mão”, comparou.

O pré-candidato defendeu ainda a soberania do partido tanto nas eleições como num eventual governo que, em caso de vitória nas eleições de outubro, teria que ser do PT, e não da direita. “A discussão verdadeira não é sobre quem é contra ou a favor da aliança, mas sim sobre quem é vagão e quem é locomotiva”, alfinetou.

(Fonte: http://www.vermelho.org.br/)

Comentários

  1. Golpe é oq Flávio Dino faz no PT, após prometer se alinhar ao projeto nacional e agora desafiar o presidente Lula. Bem feito!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Acesse Cantanhede News - faça seu comentário, lembramos que não publicamos comentários de anônimos.

Postagens mais visitadas deste blog

CBF unifica títulos e oficializa Palmeiras como maior campeão Brasileiro

KABÃO COMANDA ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NA SAÚDE DE CANTANHEDE - O esquema envolve irmã, filha, amigos, parentes da secretária de saúde e até uma ex-prefeita comunista.