Dois trabalhadores de Cantanhede morreram após caírem dentro de uma moenda em Alto Taquari-MT


Foto meramente ilustrativa

Na manha desta segunda feira (19), dois trabalhadores, João Pereira (Branco), de 25 anos de idade, casado pai de 2 filhos que estão no Maranhão com a mãe e Carlinhos,  também casado sem filhos residentes em Alto Taquari, mas de origem maranhense da cidade de Cantanhede, caíram dentro de um buraco onde e descarregado adubos.
Segundo informações obtidas no local do acidente o encarregado dos funcionários pediu para que os dois entrassem nesse buraco chamado de moenda para desobstruir a passagem do adubo ate o duto que leva este produto para um caminhão, os dois entraram e foram soterrados, caíram sobre eles cerca de 8 toneladas do produto. Os dois trabalhadores morreram asfixiados.
A nossa equipe de reportagem esteve no local, e conseguiu filmar por alguns minutos logo depois segurança da empresa expulsou e reportagem  e pediu para ficarmos do lado de fora da empresa procuramos algum responsável para falar, mas uma senhora de nome não identificado se diz gerente, esconde toda e qualquer informação.
Em contato com Parentes das vitimas que se encontram no local, tivemos a informação de que as vitimas como os demais funcionários da empresa, não usam equipamentos de proteção, apenas um par de luvas, uma mascara descartável e um capacete. Na empresa não consta nenhum técnico em segurança de trabalho.
O corpo de bombeiros chegou por volta de 5 horas da tarde, e nada pôde fazer. Os outros funcionários estão tentando chegar aos corpos retirando a carga de adubo com balde o que deve levar um bom tempo. Há informação de que uma retroescavadeira do município estaria se deslocando para o local, mas já passava das 18hs30 horas e a referida maquina ainda não havia saído da garagem.
Estão sendo aguardados dirigentes da empresa, mas até o começo da noite não havia chegado ninguém. Parentes das vitimas estão indignados, pois querem os corpos que deverão ser levados para o Maranhão onde serão sepultados, mas como já se passaram 10 horas, a espera torna-se angustiante disse o senhor Edmar Maciel da Silva que é sogro de Carlinhos (uma das vitimas). A direção da empresa proibiu os parentes das vitimas em dar entrevistas á imprensa eles blindam o local e mantem os portões de entrada trancados, dando conta de que alguma coisa deu errado.
Fonte: Direto da redação tvtaquari.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

KABÃO COMANDA ESQUEMA DE CORRUPÇÃO NA SAÚDE DE CANTANHEDE - O esquema envolve irmã, filha, amigos, parentes da secretária de saúde e até uma ex-prefeita comunista.

CBF unifica títulos e oficializa Palmeiras como maior campeão Brasileiro